Resenha de Livro



Como Simplificar a Informatização de uma Sala de Parto

Hugo Sabatino, Editora da UNICAMP (Série Saúde da Mulher), 232 pg., 1988.
Email: sabatino@turing.unicamp.br"

Renato M.E. Sabbatini
Editor Científico renato@sabbatini.com


Revista Informédica, 1(2), 19, 1993


A bibliografia brasileira na área de Informática em Saúde é, infelizmente, ainda bastante pobre em número e diversidade de títulos. Faltam até mesmo livros básicos sobre o assunto, pois com duas ou três exceções, os poucos livros publicados até hoje não passam de restritas e desatualizadas traduções. Não é de se espantar que não existam publicações sobre as inúmeras especialidades médicas. É admirável, portanto, encontrar um livro original específicamente dedicado à aplicação da Informática na Medicina Perinatal, escrito e publicado no Brasil.

Embora o título do livro dê a impressão de que se trata de uma orientação de natureza prática, destinada aos obstetras e às maternidades que desejam informatizar a assistência de rotina; na realidade ele apenas apresenta e discute como criar um banco computadorizado de dados perinatais. O texto é baseado na extensa experiência acadêmica do autor, um professor do Departamento de Tocoginecologia da Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Estadual de Campinas. Como suporte básico às atividades de pesquisa nessa área, ele foi o principal responsável pela criação de uma completa e bem idealizada ficha codificada, bem como um conjunto de programas de computador (denominado GENESE), para sua análise estatística, os quais estão em uso contínuo deste 1976. Como resultado, esse banco de dados tem hoje cerca de 15.000 partos registrados, cada registro possuindo mais de 100 variáveis maternas e infantís.

O livro é dividido em oito capítulos, que explicam detalhadamente como criar uma ficha obstétrica computadorizada, que variáveis devem ser selecionadas, registradas e codificadas, etc. O modelo de ficha desenvolvido pelo autor e adotado na UNICAMP é reproduzido e extensamente descrito, incluindo um manual completo de preenchimento e codificação de cada uma das variáveis. O programa de computador GENESE também é objeto de um dos capítulos, com exemplos de telas de entrada de dados e relatórios de saída. Uma curta bibliografia inclui diversas teses e artigos científicos publicados a partir da análise do banco de dados descrito no livro.

O livro tem utilidade para todos os médicos, enfermeiras, administradores hospitalares e outros profissionais de saúde da área de reprodução humana que estejam realizando projetos de criação de bancos de dados perinatais, uma vez que proporciona muitas idéias interessantes sobre o que, e como implementar nessa área. Não cumpre, entretanto, a promessa de ensinar como simplificar a informatização de uma sala de parto


Voltar HomePage Voltar ao Índice de Resenhas Enviar email p/o Editor
Copyright (c) 1995 Renato M.E. Sabbatini