Consultoria

Revista Informédica, 1(1), 15,1993


Sou um cardiologista clínico e estou planejando instalar um computador em meu consultório, com a finalidade de informatizar todo o gerenciamento da assistência aos pacientes e os procedimentos que realizo (basicamente, ECG, feito na mesma sala). Atendo cerca de 15 pacientes por dia. O que vocês me recomendariam em termos de computadores e software ? (Dr. Carlos Cesena, Guarulhos, SP).
A melhor solução para seu caso seria um pequeno sistema integrado, baseado em microcomputadores, pois a informação armazenada em disco deverá ser consultada e atualizada em diferentes pontos do consultório. Assim, o agendamento de consultas e exames, bem como a recepção e o encaminhamento dos pacientes (normalmente centralizadas em uma única funcionária, em consultórios de um só médico) poderão ser totalmente informatizadas através de um micro operado na mesa de recepção, na qual se localiza também o telefone. Outro terminal poderá ser colocado na sala do médico, para facilitar o acesso rápido à ficha médica do paciente, e permitir a entrada de dados adicionais colhidos durante a consulta e exame. Finalmente, sugerimos um terceiro terminal, localizado no setor administrativo-financeiro do consultório, o qual será utilizado para controlar a emissão de faturamentos, cobranças, pagamentos, contas bancárias, contabilidade, etc. Para uma rede tão pequena, este microcomputador poderá ser também o servidor (um micro que gerencia o disco global do sistema e a impressora, que podem ser acessados de qualquer um dos terminais). Para operar sem problemas este sistema no dia-a-dia, será necessário desenvolver ou adquirir um bom programa de gerenciamento da clínica que contemple pelo menos cinco aspectos de forma integrada: agendamento, recepção, emissão de laudos/receitas/atestados, e faturamento. Com isso, evita-se a necessidade de digitar novamente os dados do paciente para cada subsistema separado, e elimina-se quase que totalmente papéis desnecessários, como o famigerado livro de agendamento, as fichas clínicas preenchidas manualmente, etc. Esta rede local, que recomendamos ser do tipo Ethernet (por exemplo, Novell ou Lantastic), permitirá o acesso simultâneo da informação por vários usuários. Se quiser estudar com maior profundidade o tema de redes locais, sugerimos o excelente livro "Guia da Conectividade da PC Magazine", de Franklin Derfler Jr.
Voltar HomePage Voltar ao Índice de Consultorias Enviar email p/o Editor
ISSN 1413-0947
Copyright © 1995 Renato M.E. Sabbatini